Há 110 anos abria uma nova farmácia em Ponte de Lima

Partilhar
Share On Facebook

Em 20 de Outubro de 1911 abria as portas em Ponte de Lima um novo estabelecimento comercial na área da saúde, a Farmácia Cerqueira.

Fundada por Júlio de Faria Cerqueira, a farmácia estava inicialmente localizada no Largo Alexandre Herculano, em Arcozelo, e só mais tarde “atravessou” a ponte para se localizar na Rua do Souto, em Ponte de Lima.

Com o decorrer dos anos a farmácia transferiu-se uma vez mais, desta vez para a Rua Cardeal Saraiva, rua onde ainda hoje labora.

Após o falecimento do fundador, e depois de ter casado com a filha deste, João Matos Maia assegurou a continuidade do estabelecimento comercial.

Após a morte deste, foram os seus filhos que asseguraram a gestão da farmácia, inicialmente com Aprígio Cerqueira Maia à frente da farmácia e, mais tarde, com Maria Teresa Cerqueira Maia, a actual proprietária. Hoje o dia-a-dia da farmácia é já assegurado pela quarta geração da família.

Um dos momentos mais tristes da longa vida da empresa, ocorreu em 1981, quando um incêndio deflagrou no estabelecimento, destruindo todo o interior.

Teresa Maia, actual proprietária fala desse dia como um dia triste para a empresa, mas recorda que, em boa hora, e antes do acidente, foi retirado parte do mobiliário ali existente para fazer parte do Museu da Farmácia, em Lisboa.

Hoje, ao comemorar o seu 110ª aniversário, a farmácia decorou uma das suas montras com pormenores alusivos à data, colocando em exposição utensílios de farmácia e recortes do jornal Comércio do Lima.

Em destaque está ainda um exemplar do jornal “Cardeal Saraiva” datado de 1920, no qual se pode ver uma publicidade do estabelecimento na primeira página.

Para assinalar a data a farmácia distribuiu recordações aos clientes que visitaram o estabelecimento. Convidou também antigos funcionários para registar a iniciativa com uma fotografia para memória futura.

O jornal “Cardeal Saraiva” endereça os parabéns a toda a equipa que torna possível manter esta longevidade, esperando que a continuidade seja assegurada pela quinta geração.

TESTE
Share On Facebook
Hide Buttons