Ouvir notícia
Listen to
this article
Text to speech by Listencat
Text to speech
by Listencat

Ponte da Barca quer escolas fechadas

Partilhar
Share On Facebook

Apesar de ontem o primeiro-Ministro António Costa ter garantido que se iriam iniciar hoje os teste rápidos nas escolas, a verdade é que a comunidade escolar, sindicatos e Municípios, de norte a sul do país, têm vindo a demonstrar uma preocupação com o facto de as escolas continuarem em regime presencial.

Foram já vários os municípios que pediram à Direcção Geral da Saúde (DGS) a suspensão das aulas presenciais, como forma de travar os contágios de covid19 na comunidade escolar.

Um desses municípios foi o de Ponte da Barca, que ontem promoveu a realização de testes rápidos junto da comunidade escolar local, tendo sido detectados sete casos positivos.

Os alunos foram prontamente colocados em isolamento, segundo o protocolo estabelecido pela DGS.

Perante o agravamento da situação epidemiológica da COVID-19 em meio escolar a Comissão Municipal de Protecção Civil reuniu e deliberou “solicitar a suspensão da atividade letiva presencial nos estabelecimentos de educação e ensino do Concelho de Ponte da Barca, com efeitos imediatos e até que a mesma se justifique, mediante a monitorização da situação”.

Augusto Marinho, presidente da Câmara de Ponte da Barca, “entende que esta é uma medida urgente, defendendo que a mesma “deve ser tomada num momento em que ainda é possível controlar uma maior propagação em contexto escolar”.