Francisco Sampaio foi homenageado em dia de aniversário

Partilhar
Share On Facebook

O lançamento de uma coletânea de textos publicados na revista “A Falar de Viana”, foi a forma de homenagear Francisco Sampaio no dia em que celebrou o seu 84º aniversário.

A iniciativa partiu da Câmara Municipal de Viana do Castelo, que ontem realizou uma cerimónia no Teatro Sá de Miranda, na qual foi homenageado o professor e etnógrafo Francisco Sampaio.

O homenageado foi um dos maiores impulsionadores da criação do Museu do Traje e é um dos maiores conhecedores das tradições em torno da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia.  

Francisco Sampaio foi a figura visível da Região de Turismo do Alto Minho, lugar que ocupou desde 1980 até se reformar. Exerceu também, entre outras funções, a de técnico superior do Centro de Saúde Mental de Viana do Castelo e foi professor do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

A sua paixão pela etnografia fez dele um dos grandes conhecedores das romarias e tradições, nomeadamente da Romaria da Senhora da Agonia.

A obra agora apresentada é mais um valioso documento sobre a nossa etnografia, história e tradições locais e vem juntar-se a dezenas de títulos já publicados por Sampaio em diversas publicações.

Sempre à volta do universo da etnografia os seus textos são uma mais-valia para o enquadramento histórico, arqueológico, turístico e gastronómico da região.

Francisco Sampaio foi, ainda, autor do estudo que serviu de base à Declaração de Interesse para o Turismo da Romaria d’Agonia, que foi aprovada em 2013.

Recorde-se que, já em junho de 2019, o município vianense atribuiu o nome de Francisco Sampaio à galeria do piso 0 do Museu do Traje.

José Maria Costa, presidente da Câmara de Viana do Castelo, justificou a distinção por considerar que “o Museu do Traje tem muito da mão dele”.

Na altura, o autarca considerou mesmo que Francisco Sampaio, juntamente com Amadeu Costa e Francisco Cruz, ambos já falecidos, formava “um trio fabuloso na organização das festas”.