Mais fiscalização nas estradas para “viajar sem pressa”

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) lançam hoje uma campanha nacional sob o lema “Viajar sem Pressa”.

Segundo a ANSR “a velocidade é a principal causa de um terço de todos acidentes mortais”, daí a necessidade de alertar os condutores para os riscos da condução em excesso de velocidade uma das principais causas dos acidentes nas estradas.

A campanha insere-se no Plano Nacional de Fiscalização de 2020 e estará no terreno até dia 19 deste mês com acções de sensibilização; operações de fiscalização pela GNR e pela PSP, com especial incidência no cumprimento das regras do código da estrada e legislação complementar relativas à velocidade e fiscalização 24/24 horas da sua rede de radares (SINCRO);

A ANSR, a GNR e a PSP relembram que os limites de velocidade existem para a proteção de todos, especialmente dos mais vulneráveis, pelo que o seu cumprimento é vital.

 “Numa viagem de 10 km aumentar a velocidade de 45 para 50 km/hora apenas permite ganhar 1 minuto e 20 segundos, porém, uma reduzida diferença de velocidade pode fazer a diferença entre a vida e a morte”.

A sinistralidade rodoviária não é uma fatalidade e as suas consequências mais graves podem ser evitadas através da adoção de velocidades adequadas e respeitando os limites legais, alertam aquelas autoridades.

O Plano Nacional de Fiscalização está enquadrado no Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária e prevê a realização de campanhas de sensibilização em simultâneo com operações de fiscalização, em locais onde ocorrem regularmente infrações que representam um risco acrescido para a ocorrência de acidentes.

Partilhar
Share On Facebook