Quinta-feira, Junho 30, 2022

Ano 113 - Nº 5275

publicidade
publicidadepublicidade
InícioÚLTIMAS NOTÍCIASCatarina Oliveira distinguida como Cidadã de Mérito de Viana do Castelo

Catarina Oliveira distinguida como Cidadã de Mérito de Viana do Castelo

A astrónoma Catarina Alves de Oliveira foi distinguida pela Câmara de Viana do Castelo, cidade de onde é natural, com o título de Cidadã de Mérito “pelos relevantes serviços prestados à ciência e à investigação tecnológica” foi hoje divulgado.

A atribuição do título honorífico à calibradora do telescópio espacial James Webb, e a mais 30 personalidades, empresas e instituições locais de várias áreas, foi hoje revelado pela câmara Municipal, em comunicado, no âmbito das comemorações do 174º aniversário de elevação de Viana do Castelo a cidade, que hoje de celebra.

No total, entre nomes propostos pela maioria socialista, pelo PSD, CDS-PP e pela CDU, a autarquia atribuiu 31 títulos honoríficos.

A cerimónia de entrega dos títulos foi adiada para fevereiro, ainda sem data definida, devido à pandemia de covid-19.

A astrónoma de 40 anos, natural da freguesia de Afife, trabalha no Centro de Operações Científicas da Agência Espacial Europeia (ESA), em Espanha, onde tem tido a seu cargo a calibração de um dos quatro instrumentos do telescópio, o espectrógrafo NIRSpec, fornecido pela ESA.

Depois do lançamento do James Webb, Catarina Alves de Oliveira participará na “campanha de preparação” do telescópio para observações científicas, que se iniciarão ao fim de seis meses. Os primeiros dados científicos são esperados em meados de 2022.

O mais alto galardão do concelho, Cidadão de Honra, foi atribuído ao antigo presidente da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) Alcindo Maciel Barbosa “pelos notáveis serviços de cidadania prestados à população enquanto médico”.

Alcindo Maciel Barbosa, natural da freguesia de Portela Susã, de 71 anos, foi, entre outras funções, presidente do conselho diretivo ARS-N, entre 2007 e 2010.

Com o mesmo título foi ainda distinguido Johan Jozef Willy Steven, “pelos notáveis serviços de cidadania e relevantes serviços prestados à economia vianense, à diplomacia, ao associativismo e à solidariedade social”.

O empresário de 58 anos, natural de Viana do Castelo, iniciou em 1993, com a mulher, um projeto empresarial na área do material sanitário e de climatização que, atualmente, emprega 250 pessoas, tem 20 centros atendimento em todo o país. O negócio familiar chegou, em 2013, a Maputo, Moçambique, com um espaço de mais de quatro mil metros quadrados.

A empresa Sanitop, apresentou, em 2021, um volume de vendas superior a 54 milhões de euros.

Além da astrónoma Catarina Alves de Oliveira, há mais 10 personalidades distinguidas com o título de Cidadão de Mérito da cidade, entre elas, Rui Teixeira, que presidiu ao Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), entre 2005 e até 2019.

Desempenhou ainda as funções de presidente da Associação de Institutos Superiores Politécnicos do Norte (APNOR), durante 15 anos. Presidiu nove anos à Associação dos Institutos Superiores Politécnicos Portugueses (ADISPOR) e, entre 2008 e 2012, foi também vice-presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP).

Entre os 16 títulos de Instituição de Mérito atribuídos, foram distinguidas duas empresas centenárias, a farmácia Simões, fundada em 1881, e padaria e pastelaria das Neves, que iniciou a sua atividade em 1841.

Os agrupamentos de escuteiros de Areosa e Meadela, o Cyclones Atlético Clube, a ex-atleta Manuela Machado e a Associação de Filatelia e Colecionismo do Vale do Neiva também figuram entre as instituições distinguidas.

Artigos Relacionados
PUB

Mais Popular

Comentários Recentes