Segunda-feira, Julho 4, 2022

Ano 113 - Nº 5275

publicidade
publicidadepublicidade
InícioACTUALIDADEA Administração da USLAM vai ser ouvida no Parlamento

A Administração da USLAM vai ser ouvida no Parlamento

O Bloco de Esquerda (BE) viu hoje aprovada no Parlamento a proposta para a audição da administração da USLAM com caracter de urgência na Comissão de Trabalho e Segurança Social.

Em causa está o serviço de imagiologia do Hospital de Viana do Castelo e Hospital Conde de Bertiandos, que está concessionada a privados desde 2004, e que, neste momento, tem já aberto um novo concurso para adjudicação daqueles serviços.

Terminado o período de concessão, os trabalhadores foram já informados pela entidade patronal da cessação do contrato de trabalho, por caducidade, a partir do dia 31 de Março deste ano.

O serviço de imagiologia é assegurado por 50 técnicos, 20 dos quais são técnicos de radiologia, os quais asseguram as urgências dos Hospitais de Viana do Castelo e Conde Bertiandos, em Ponte de Lima.

Apesar disso, estes técnicos não pertencem aos quadros da USLAM, mas prestam serviço à empresa concessionária, a  Lififocus Healthcare Group.

Estes funcionários estão em situação precária e numa profunda incerteza laboral, sendo o recurso aos recibos verdes uma forma de contornar a realidade.

Na verdade cada um dos funcionários tem uma clara subordinação jurídica, sendo que têm um local de trabalho, um horário e respondem a um coordenador superior que pertence ao quadro da USLAM.

Para aquela força política este é mais um caso de abuso dos falsos recibos verdes, mas os atropelos à lei laboral não se ficam por aí.
O BE acusa ainda a USLAM de, nos contratos de adjudicação daqueles serviços, não salvaguardar a continuação dos trabalhadores no mesmo serviço.

Segundo o BE o próximo passo deveria ser a internalização, com a integração dos trabalhadores no quadro de pessoal do SNS, garantindo assim um vínculo ao Estado.

A situação deverá ser analisada na próxima reunião da Comissão do Trabalho e Solidariedade Social a realizar brevemente na Assembleia da república.

Artigos Relacionados
PUB

Mais Popular

Comentários Recentes