Segunda-feira, Julho 4, 2022

Ano 113 - Nº 5275

publicidade
publicidadepublicidade
InícioVALE DO LIMAPONTE DE LIMAPonte de Lima celebra hoje 897 anos

Ponte de Lima celebra hoje 897 anos

Anjo da Guarda de cara lavada e lançamento de livro vão marcar o Dia de Ponte de Lima.

Laura Castro, Diretora Regional de Cultura do Norte estará hoje em Ponte de Lima para assistir às celebrações do Dia de Ponte de Lima contará com várias iniciativas.

Foi no dia 4 de Março de 1125 que D. Teresa deu a carta de foral a Ponte de Lima. Já lá vão 897 anos desde que Ponte de Lima se tornou vila. Para uns a vila mais antiga do país, para outros nem por isso, mas, de uma forma ou de outra, Ponte de Lima continua a ser uma vila atractiva para quem passa e acolhedora para quem fica.

Há já uma história de quase 900 anos que está presente no património material, mas também no património imaterial.

Para assinalar este dia estão previstas várias acções, e, entre elas, será assinalada as recentes obras de conservação da Capela do Anjo da Guarda, classificada como Monumento Nacional desde 1978.

Há várias referências documentais, a partir do século XVIII, e também várias denominações ao longo dos tempos. Capela de S. Miguel do Abrigo ou Abrigo do Anjo da Guarda, é a que chegou aos nossos dias e terá adotado este nome por ter servido de abrigo para os navegantes.

A capela está situada junto ao Rio Lima, sendo que por ali passam há vários séculos os peregrinos a caminho de Santiago de Compostela e daí a sua importância na integração deste projeto de valorização dos monumentos associados ao caminho de peregrinação.

As obras agora efectuadas resultaram numa limpeza geral do granito existente na construção, bem como o restauro da figura do santo ali existente.

As obras resultam de uma candidatura aos fundos europeus para a “qualificação e valorização do Caminho Português para Santiago de Compostela”, apoiada com 85% de verbas do Feder, e representaram um investimento global de 900.000 euros, sendo que 63.000 euros se destinaram às obras de recuperação da Capela do Anjo da Guarda.

O dia de hoje será ainda assinalado com a apresentação do livro “Ponte de Lima à Mesa: contributos para a sua carta gastronómica”, da autoria do Prof. Doutor Álvaro Campelo.

Trata-se de uma publicação que recolhe, em livro, aquele que foi o levantamento de receituário de diversas freguesias do concelho.

O objectivo passa pela elaboração de uma Carta Gastronómica de Ponte de Lima, onde cada receita surge devidamente contextualizada no tempo e no espaço, com a relação entre o nome do prato e os ingredientes, as técnicas de culinária e os processos de cozinha, dando assim a conhecer o que de melhor se faz em termos gastronómicos, contribuindo também para reavivar pratos outrora comuns e que, por razões diversas, caíram em desuso.

Artigos Relacionados
PUB

Mais Popular

Comentários Recentes