Sábado, Julho 2, 2022

Ano 113 - Nº 5275

publicidade
publicidadepublicidade
InícioVALE DO LIMAPONTE DA BARCAVacina da gripe pode ser administrada nas Juntas de Freguesia

Vacina da gripe pode ser administrada nas Juntas de Freguesia

Parceria entre Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) e autarquias vai permitir descentralizar tomas de vacina da gripe.

Com a aproximação da chegada do inverno e com on surto de pandemia do Covid-19 a alastrar-se as autoridades nacionais de saúde aconselham vivamente a vacinação contra a gripe sazonal para o grupo de risco.

A pensar neste momento crítico a USLAM promoveu uma parceria com os autarcas das freguesias para pôr em prática uma “estratégia de vacinação descentralizada em postos de proximidade à comunidade”.

A proposta foi dirigida aos 10 municípios do distrito de Viana do Castelo, que agora deverão colocar em prática e no terreno tal acção com a ajuda das equipas de enfermagem.

O objetivo desta medida é evitar que a população mais idosa e vulnerável tenha de se deslocar aos centro de saúde, o que poderá originar maior concentração de pessoas nesses espaços.

As juntas de freguesia de Ponte da Barca vão funcionar, a partir do dia 19 deste mês, como postos de vacinação contra a gripe sazonal.

Augusto Marinho, presidente da Câmara de Ponte da Barca, reuniu com os presidentes de junta para explicar o contexto desta parceria, e definir quais os locais, horários e as regras de higiene e segurança a adoptar.

Assim, em Ponte da Barca, para além do Centro de Saúde local, será possível receber a administração da vacina nas juntas e freguesia, com as quais as populações de risco deverão contactar até ao dia 18 de outubro para agendamento.

A vacina contra a gripe será administrada pelas equipas de enfermagem do Centro de Saúde Local para os grupos prioritários, tais como pessoas com idade igual ou superior a 65 anos; doentes crónicos e imunodeprimidos, com 6 ou mais meses de idade e grávidas

Para estes grupos de risco as vacinas são gratuitas, mas haverá vacinas à venda nas farmácias que podem ser compradas com receita médica e são comparticipadas.

Todos aqueles que fazem parte do grupo alvo devem entrar em contacto com os autarcas da sua Junta de Freguesia e proceder à inscrição até ao dia 18 de outubro.

Artigos Relacionados
PUB

Mais Popular

Comentários Recentes