Sábado, Julho 2, 2022

Ano 113 - Nº 5275

publicidade
publicidadepublicidade
InícioVALE DO LIMAARCOS DE VALDEVEZArcos de Valdevez investe 310 mil euros para garantir transporte público

Arcos de Valdevez investe 310 mil euros para garantir transporte público

A Câmara de Arcos de Valdevez vai investir 310 mil euros para garantir 15 carreiras de transporte público à população do concelho, após a suspensão do serviço pelas concessionárias que alegam diminuição da procura, foi hoje divulgado.

“O município vai garantir os transportes coletivos de passageiros em 15 linhas de carreira pública. Para tal irá investir cerca de 310 mil euros. Esta situação decorre do pedido de suspensão das carreiras, pelas empresas concessionárias, devido ao decréscimo na procura do transporte coletivo de passageiros no concelho de Arcos de Valdevez, no atual contexto de pandemia de covid-19 e do défice financeiro dos serviços de transporte”, sustenta a autarquia, em nota hoje enviada às redações.

O município do distrito de Viana do Castelo “considera que, apesar do decréscimo de procura, existem necessidades de transportes a satisfazer, designadamente das populações mais isoladas e de alunos, no âmbito do transporte escolar, pelo que se tornou necessário tomar medidas que viabilizassem a continuação dos serviços de carreira pública de transporte de passageiros”.

“A autarquia aprovou uma compensação financeira a atribuir aos concessionários, suportada pelo município e enquadrada no Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART) e no Programa de Apoio à Densificação e Reforço da Oferta de Transporte Público (PROTransP), de modo a minimizar o défice de exploração e permitir a continuidade da exploração do serviço”, especifica a Câmara de Arcos de Valdevez.

O município “aprovou a celebração de dois contratos de serviço público que visam garantir a continuação das carreiras de transporte público coletivo de passageiros, com os operadores Salvador Alves Pereira & Filhos, no valor de 243.500 euros, e a Auto Viação Cura, no valor de 66.650 euros, a vigorar até dia 30 de junho de 2022, respetivamente”.

Segundo a autarquia, o contrato a celebrar com o operador Salvador Alves Pereira & Filhos “corresponde às carreiras públicas realizadas durante o período escolar e aos percursos das freguesias de Eiras – Aguiã, Ermelo, Portela de Alvite, Sistelo, Soajo, Ermelo por Oliveira, Extremo por Loureda, Centro Escolar – Prozelo – Sabadim, Centro Escolar – Giela – Sabadim, Miranda – Arcos de Valdevez, Travassos – Rio Frio, Centro Escolar da Vila – Távora e Centro Escolar da Vila – Sabadim”.

Já o contrato a celebrar com a Auto Viação Cura “visa garantir a continuação das carreiras de transporte público coletivo de passageiros de Arcos de Valdevez – Ponte de Lima (por Ponte da Barca), Arcos de Valdevez – Ponte de Lima (por Refoios) e Arcos de Valdevez – EB2/3 Padre Himalaia/Távora”.

“Estes são esforços que a Câmara Municipal irá realizar para garantir que os transportes públicos continuem a existir nestes locais, contribuindo para a melhoria da mobilidade da população” do concelho, conclui a autarquia.

Artigos Relacionados
PUB

Mais Popular

Comentários Recentes